Mulher morre após cair da plataforma superior da Rodoviária do DF

10/07/2020

 


Uma mulher de 38 anos caiu da plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto nesta sexta-feira (10/07). Ela tinha acabado de receber a informação de que o câncer de ovário que já estava em tratamento teria evoluído para o intestino. Sem dar explicações, a paciente fugiu do Hospital de Base, onde fazia o acompanhamento da doença. Ela foi encontrada já sem vida na plataforma B da rodoviária, de acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF).


Há informações de que a jovem teria se jogado do pavimento superior da rodoviária após receber a notícia de que seu quadro de saúde havia piorado. Nas redes sociais, vídeos e fotos circulam, mas, por respeito aos familiares da vítima, nenhum conteúdo relacionado ao caso será divulgado. O trânsito precisou ser interrompido no local, para que a perícia feita pela Polícia Civil do DF fosse realizada.

Busque ajuda
O Metrópoles tem a política de publicar informações sobre casos de suicídio ou tentativas que ocorrem em locais públicos ou causam mobilização social. Isso porque é um tema debatido com muito cuidado pelas pessoas em geral. O silêncio, porém, camufla outro problema: a falta de conhecimento sobre o que, de fato, leva essas pessoas a se matarem.

Depressão, esquizofrenia e o uso de drogas ilícitas são os principais males identificados pelos médicos em um potencial suicida. Problemas que poderiam ser tratados e evitados em 90% dos casos, segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria.

Está passando por um período difícil? O Centro de Valorização da Vida (CVV) pode te ajudar. A organização atua no apoio emocional e na prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, por telefone, e-mail, chat e Skype 24 horas todos os dias.

Disque 188
A cada mês, em média, mil pessoas procuram ajuda no Centro de Valorização da Vida (CVV). São 33 casos por dia, ou mais de um por hora. Se não for tratada, a depressão pode levar a atitudes extremas.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada dia, 32 pessoas cometem suicídio no Brasil. Hoje, o CVV é um dos poucos serviços em Brasília em que se pode encontrar ajuda de graça. Cerca de 50 voluntários atendem 24 horas por dia a quem pr



Fonte: Metrópoles  

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload