É lançada a Constituição do Orgulho com leis fundamentais LGBTQIA+

30/06/2020

 

A Comissão de Diversidade da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo lançou no último domingo (28), Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, uma edição especial da Constituição Federal que destacam leis que tem como objetivo proteger a comunidade.

O projeto foi criado pela agência SunsetDDB e utiliza as cores da bandeira do arco-íris para tocar em crimes recorrentes contra nossa população: homicídio; injúria e difamação; violência psicológica; violência institucional; violência sexual; e agressão.

Criado pela agência SunsetDDB, o projeto usa o design e as cores da bandeira LGBTQI+ para destacar que a Constituição já possui diversos direitos que deveriam protegê-los, mas que são desconhecidos – e principalmente violados – por boa parte da população e do poder público.

A edição especial teve tiragem física limitada, destinada para influenciadores, militantes e ícones LGBTQIA+. Porém, há uma versão virtual de acesso gratuito para todos.

“É fundamental garantir os direitos dos cidadãos sem distinção, assim como assegurar que sejam cumpridos. Por isso, o objetivo desta ação é não apenas colocar luz à importante questão social, como também levar conhecimento sobre os direitos e deveres assegurados pela Constituição brasileira”, diz Marina Ganzarolli, presidente da Comissão da Diversidade da OAB-SP.

“A Constituição do Orgulho está colorindo direitos que já estão previstos há muito tempo na legislação, mas que são invisíveis para muita gente. Mais do que criar leis que defendam a comunidade LGBTQI+, é necessário que a Constituição existente seja conhecida e honrada para esse público, assim como para qualquer brasileiro. Essa edição especial da Constituição quer dar visibilidade a esses direitos fundamentais”, destaca Filipe Rosado, redator da SunsetDDB. 

 

Fonte: Põe na roda 

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload