DF: homem de 20 anos aponta arma para PMs e leva tiro na cabeça

08/11/2019

 

Um homem de 20 anos levou um tiro na mão e outro na cabeça após apontar uma arma e ameaçar policiais militares. O episódio ocorreu na madrugada desta quinta-feira (07/11/2019), no Paranoá, após PMs testemunharem uma briga entre Guilherme Souto de Carvalho, 20 anos, e um desconhecido. Os militares viram o suspeito com a arma em punho e ordenaram que ele se deitasse. O outro envolvido obedeceu, mas Guilherme decidiu apontar a arma falsa e ameaçar os policiais, que revidaram.

 

O primeiro tiro atingiu a mão do rapaz e, novamente, os PMs ordenaram que ele largasse a arma e se deitasse. Por insistir na desobediência e continuar com os policiais na mira, os agentes de segurança efetuaram um disparo que atingiu Guilherme na cabeça. Somente depois que o jovem caiu foi que a equipe da PMDF constatou se tratar de um simulacro.


Depois da ação, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para prestar os primeiros socorros. Guilherme foi levado de ambulância, em estado grave, para o Hospital Regional do Paranoá (HRPA), onde passou por cirurgia.

 

Legítima defesa
O tenente que efetuou os disparos alegou legítima defesa e disse não ter como precisar que a arma em posse de Guilherme era falsa. Considerando a ameaça de uma eventual arma de fogo contra ele e os presentes, afirmou ter tomado a atitude para garantir a integridade dos presentes.

 

Em seu depoimento, o outro rapaz envolvido contou aos investigadores ter chamado uma menina que estava no grupo de Guilherme para conversar reservadamente. O autor teria se irritado e resolveu tirar satisfações. Durante a discussão, Guilherme levantou a camisa, mostrou estar armado e apontou a pistola para o desafeto.

 

Durante a briga, o outro jovem chegou a segurar e desmontar parte de uma das armas do suspeito, e deu um soco nele em seguida.

 

Fonte: Metrópoles

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload